104 FM - A mais legal!

Jornal 104FM

Governador de MG visita Apac de Itaúna


O governador de Minas Gerais Romeu Zema (Novo) esteve em Itaúna nesta quinta-feira (2). Acompanhado do vice-governador Paulo Brant e do secretário de Estado de Segurança Pública, general Mário Araújo, entre outras autoridades, Zema foi conhecer o trabalho da Associação de Proteção e Assistência ao Condenado (Apac) da cidade.

Em nota, a Secretaria de Estado de Governo (Segov) informou que a Apac de Itaúna foi a primeira a ser implantada em Minas e o governo quis conhecer o modelo local para avaliar se essa política pública pode ser adotada mais amplamente no Estado.

“Foi a primeira Apac que visitei e saio daqui muito impressionado com o trabalho digno que é feito. São quase 200 recuperandos recebendo e tendo oportunidade de aprender uma atividade que vai ser muito útil para eles. Vejo que é um caminho que temos que incentivar mais em Minas Gerais, pois representa um maior grau de ressocialização por parte do recuperando e também um custo menor para o Estado", declarou o governador.

Associação
A Apac é uma instituição voltada para a ressocialização de detentos. O modelo auxilia na execução penal e na administração do cumprimento das penas dos regimes fechado, semiaberto e aberto.

Conforme a Segov, Minas Gerais é o estado que mais possui Apacs no país, com 83 unidades. Desse total, 45 mantêm convênio com o Governo do Estado, sendo seis em construção e 39 para manutenção de despesas, totalizando 3.708 vagas mantidas com verbas do governo estadual.

Um levantamento feito em janeiro deste ano pela Secretaria de Segurança Pública aponta que nas Apacs estaduais cumprem pena 3.278 pessoas.

Reivindicação
A Prefeitura de Itaúna informou que, aproveitando a passagem de Zema, o prefeito Neider Moreira (PSD) entregou um ofício solicitando pagamento dos recursos previstos em convênio celebrado entre a Prefeitura e o Estado para a duplicação da ponte sobre o Rio São João, no Distrito Industrial.


Além disso, foi pedido atenção com a dívida que Minas tem com Itaúna, equivalente a R$ 25 milhões em verbas estaduais atrasada, conforme a administração municipal.

Em nota, o Executivo declarou que Zema reafirmou o compromisso de regularizar a situação com as prefeituras mineiras.

Fonte: G1